Montadoras buscam criar modelos de carros baratos

Agência Estado

Carros de baixo custo, acessíveis às grandes massas principalmente nos mercados emergentes, mas também na Europa e EUA, são a nova fronteira do desenvolvimento da indústria automobilística mundial. A corrida pelo automóvel barato mobiliza montadoras no mundo todo, que tentam reinventar o jeito de produzir automóveis.

O desafio é criar modelos com design atrativo ao consumidor e preços abaixo de US$ 10 mil (R$ 20 mil). A indústria brasileira tem pelo menos oito projetos previstos para os próximos cinco anos, alguns ainda fora dessa meta de preço.

A expansão dos chineses e indianos coloca pressão entre montadoras tradicionais para terem produtos competitivos, despojados de alta tecnologia, acabamento simples e novas matérias-primas.

O carro mais barato hoje no Brasil, o Mille, custa R$ 22 mil. Lançado há mais de 20 anos, ficou em quarto lugar entre os mais vendidos em 2006, com 115.152 unidades. A Fiat já estuda um sucessor mais barato. O presidente da empresa na Itália, Sergio Marchionne, disse que, além do Brasil, o carro pode ser feito na China, Índia e Turquia e será vendido também na Europa para enfrentar o Renault Logan, que custa 8 mil (R$ 22 mil). A versão nacional do Logan, produzida no Paraná, chega ao mercado em junho, na categoria de sedãs pequenos. Veículos já disponíveis no País nesse segmento custam a partir de R$ 28 mil. A Renault promete que seu modelo será mais competitivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s