Comissão Européia deixa Siemens comprar softwarehouse dos EUA

Efe, para Estadão.com.br – VIDA DIGITAL

BRUXELAS – A Comissão Européia deu nesta sexta-feira, dia 27, sinal verde à compra do fabricante de programas de informática americano UGS pela alemã Siemens, por considerar que não prejudicará a concorrência no espaço econômico europeu.

Em comunicado, o Executivo da União Européia lembrou que a Siemens opera em diversas áreas, de tecnologias da informação e da comunicação à fabricação de maquinaria para geração de energia, o transporte, a iluminação e os serviços financeiros.

A UGS oferece soluções de informática para a manutenção dos computadores ao longo de sua vida útil.

A Siemens integrará a UGS em sua divisão de automatização e controle, o que criará, segundo o grupo alemão, uma companhia líder em sistemas de automatização industrial.

Após fazer uma investigação, a CE detectou uma sobreposição das atividades das duas companhias, mas chegou à conclusão de que não seria um problema para a concorrência no setor, já que, após a fusão, continuará havendo um número suficiente de provedores alternativos.

A Comissão Européia também descarta que a unificação dos negócios de automatização possa levar a empresa resultante a desenvolver interfaces exclusivas que lhe permitam discriminar os concorrentes, já que nos mercados atingidos opera-se com interfaces padrões e abertas.

A Siemens informou em janeiro que a aquisição da UGS representará um desembolso de € 3,5 bilhões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s