Serviços de vídeo como iTunes não têm futuro…

Por Kenneth Li

 

NOVA YORK (Reuters) – Os sites de vídeo online que vendem programas e filmes, como o iTunes, da Apple, provavelmente atingirão um pico este ano, enquanto cada vez mais programas começarão a ser oferecidos em veículos de acesso gratuito, bancados por publicidade, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira.

As vendas de filmes e programas de televisão devem quase triplicar para 279 milhões de dólares em 2007, ante o total estimado em 98 milhões de dólares no ano anterior. Mas, a menos que o consumidor médio comece a pagar em massa pelos vídeos que assiste online, é provável que o crescimento no faturamento desapareça, no ano que vem, de acordo com a Forrester Research.

“No mercado de vídeo, o iTunes será um clarão temporário, enquanto os consumidores esperam por maneiras melhores de obter vídeos, e essas maneiras já estão chegando”, disse James McQuivey, analista da Forrester Research que conduziu o estudo. Ele classificou o mercado de download pago de vídeos como “beco sem saída”.

A Forrester estima que o crescimento nas vendas não deve triplicar, ou mesmo dobrar, em 2008 e no futuro, depois que os entusiastas iniciais e os viciados em mídia já tiverem começado a usar os serviços.

A confusão quanto aos diferentes formatos de arquivos de vídeo, dificuldades para assistir os vídeos baixados da Internet em televisores e outros problemas técnicos desestimularam os usuários médios a pagar por programas obtidos online.

Os esforços das empresas tradicionais de distribuição de mídia para oferecer maior número de seus programas gratuitamente, na Internet –que envolvem serviços como o MovieLink, controlado pelos grandes estúdios de Hollywood; a cadeia Wal-Mart Stores; e o Unbox, da Amazon.com– também trabalham contra os serviços pagos.

Lideradas pela ABC.com, controlada pela Walt Disney, redes de TVB como a Fox, da News Corp., estão oferecendo programas de sucesso online gratuitamente.

A News Corp. e a NBC Universal, da General Electric, também lançaram uma joint-venture para distribuir um arquivo combinado de programas via Internet.

“O acesso gratuito vencerá”, disse McQuivey, da Forrester.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s