Galo foi para a panela do Fogão – de novo!

Technorati tags: , , , , ,

Do Globoesporte.com

Dez dias após as quartas-de-final da Copa do Brasil, quando o time carioca saiu vitorioso, Botafogo e Atlético-MG se reencontraram no Maracanã neste domingo. Novamente, quem saiu feliz foi a torcida botafoguense com a vitória, de novo, por 2 a 1 sobre o Galo. Com o resultado, o Bota permanece 100% no Brasileirão com seis pontos. A equipe mineira tem três.

Dodô e Lucio Flávio fizeram os gols da vitória, e Marcos descontou. O Bota agora vai fazer o clássico contra o Flamengo, domingo, no Maracanã. Antes disso, na quarta-feira, decide a vaga na decisão da Copa do Brasil com o Figueirense.

A partida começou em alta velocidade, com o Botafogo buscando o ataque e o Galo saindo no erro do adversário. Em uma subida, aos 7 minutos, o time mineiro mostrou seu cartão de visita. Coelho cruzou da direita e a zaga não cortou. A bola sobrou para Danilinho na entrada da pequena área. O meia chutou fraco e Julio César defendeu. A resposta carioca veio em grande estilo, aos 16 minutos. Ricardinho tocou para Zé Roberto dentro da área e o camisa 10 foi derrubado. Dodô cobrou o pênalti, o goleiro pegou, mas no rebote o artilheiro colocou para dentro: 1 a 0.

Animado, o Glorioso se lançou ao ataque e quase ampliou em uma boa tabela, aos 20 minutos. Lucio Flavio recebeu de Dodô e mandou uma bomba da entrada da área, Diego se esticou e fez grande defesa. O Galo teve uma boa chance de igualar o marcador dois minutos depois, novamente pela direita, lado mais perigoso da equipe. Coelho cruzou da direita para Danilinho que, sozinho, se esticou mas não alcançou a bola.

Lucio Flávio é rápido

Na volta do vestiário, Lucio Flávio tratou de ampliar o placar antes do primeiro minuto. O meia botafoguense arriscou de longe, a bola bateu na trave e morreu no fundo da rede: 2 a 0. Juninho, em uma bomba cobrando falta, quase ampliou aos quatro minutos. O Galo se assustou, e o Bota tomou conta do jogo. Aos 20, Lucio Flavio cruzou e Zé Roberto, de cabeça, quase conseguiu colocar para dentro.

O Atlético se estabilizou e conseguiu o gol em um lance de bola parada aos 26 minutos. Coelho cobrou falta, Lima mandou de cabeça e Julio César fez grande defesa, mas a bola sobrou para Marcos, que marcou para o Galo: 2 a 1. O time mineiro se lançou ao ataque e quase empatou aos 29. Ricardinho cruzou, Vanderlei desviou, mas Tchô chegou atrasado e não conseguiu finalizar. O Galo continuou pressionando, mas a partida terminou mesmo 2 a 1. 

É minha gente, o Fogão mandou o Galo pra panela, mais uma vez. Quarta-feira é contra o Figueira. Acho que o time pode faturar a vaga pra final, vamos ver… Domingo é dia de urubu na brasa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s