Festa Literária de Parati: veja a programação

Agência Estado

A cidade histórica de Parati, localizada no sul do Estado do Rio de Janeiro, já se prepara para a 5ª edição da Festa Literária Internacional de Parati (Flip), que reunirá escritores nacionais e estrangeiros, entre os dias 4 a 8 de julho. Hoje, a organização da Flip divulgou a programação completa para este ano. Cerca de 355 jornalistas, entre brasileiros e estrangeiros, deverão fazer a cobertura do evento, que em 2007 homenageará o jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, morto em 1980.
Entre os principais destaques da Flip deste ano, estão dois escritores Prêmio Nobel, ambos da África do Sul, Nadine Gordimer, premiada em 1991, e J.M. Coetzee, em 2003. A primeira mostrará o livro “De volta à vida” (Companhia das Letras) e o segundo trará trechos de “Diary of a Bad Year”, inédito no mundo todo. Na ocasião, será lançado também “O Homem Lento”, de Coetzee, pela Companhia das Letras.
Outros 16 estrangeiros, como Amós Oz, Mia Couto Guillermo Arriaga e Ignacio Padilla, e mais 22 brasileiros, entre eles, Arnaldo Jabor, Fernando Morais, Ruy Castro, Paulo Lins e Paulo César Araújo (autor da biografia não-autorizada de Roberto Carlos) fecham a lista de um total de 40 escritores que irão compor as 22 mesas de debates da Flip 2007.

Expandir fronteiras

Diretor de programação pela primeira vez da Flip, Cassiano Elek Machado diz que nesta edição as fronteiras se alargaram, numa espécie de diálogo com outros meios que também se relacionam com a literatura. “As fronteiras se alargaram um pouquinho este ano. Temos, por exemplo, uma mesa com uma psicanalista (Maria Rita Kehl), outra com um cantor e compositor, o Lobão, temos, ainda, jornalistas, dramaturgos e diretores de teatro”, conta Cassiano.
Para ele, o objetivo é expandir os debates e mostrar que literatura não é propriamente feita apenas por escritores. “Literatura não é só romance, e a própria idéia de homenagear o Nelson Rodrigues vem neste sentido: tratar ele também como literatura e não só como jornalista ou de teatro”, comenta. Ainda segundo o diretor, a Flip não tem um conceito geral que contemple toda a programação. A idéia, diz Cassiano, é procurar realizar um panorama “do que está sendo feito de melhor” em termos de literatura. “O objetivo é reunir vozes interessantes”, acrescenta.
A abertura da festa, em 2007, na quarta-feira (04/07) à noite, ficará por conta da banda Orquestra Imperial, integrada pelos músicos Rodrigo Amarante, Wilson das Neves, Moreno Veloso, Thalma de Freitas, entre outros, que interpretarão sambas clássicos, com a participação especial do pianista João Donato.

Público

Os organizadores estimam, em 2007, a presença de 12 mil turistas e de 10 mil paratienses, entre os cinco dias de evento, de 04 a 08 de julho. Os ingressos estarão à venda a partir de 4 de junho até 3 de julho, e serão limitados a dois convites por mesa por pessoa (mediante apresentação do CPF). Os interessados podem comprar pela Internet, no site www.ingressorapido.com.br, ou pelos telefones: (11) 2163-2000 (São Paulo), (21) 2169-6600 (Rio de Janeiro), (41) 4063-6290 (Curitiba) ou (31) 4062-7244 (Belo Horizonte).

Confira abaixo a programação completa, por dia, temas, horário e autores que estarão na mesa:
04/07 – quarta-feira
Homenagem a Nelson Rodrigues e show Orquestra Imperial
05/07 – quinta-feira
“Futuro do Presente”, às 10h, com Fabrício Corsaletti, Verônica Stigger e Cecília Giannetti
“Uivos”, às 11h45, com Chacal e Lobão
“Homenagem a Nelson Rodrigues 2”, com Augusto Boal e Eduardo Tolentino
“Sobre macacos e patos”, às 17h, com Jim Dodge e Will Self
“Tão Longe, tão perto”, às 19h, com William Boyd e Kiran Desai
06/07 – sexta-feira
“A vida como ela foi”, às 10h, com Ruy Castro, Fernando Morais e Paulo César Araújo
“Álbum de família”, às 11h45, com Ahdah Soueif e Ana Maria Gonçalves
“Terras”, às 15h, com Mia Couto e Antônio Torres
“Crime e Castigo”, às 17h, com Dennis Lehane e Guillermo Arriaga
“Panteras no porão”, às 19h, com Amós Oz e Nadine Gordimer
07/07 – sábado
“Homenagem a Nelson Rodrigues 3”, às 10h, com Arnaldo Jabor, Leyla Perrone Moysés e Nuno Ramos
“Dois lados do balcão”, às 11h45, com Silvano Santiago e César Aira
“Perdoa-me por me traíres”, às 15h, com Maria Rita Kehl e Alan Pauls
“Narrativas de Conflito”, às 17h, com Robert Fisk e Lawrence Wright
“Diário de um ano ruim”, às 19h, com J.M. Coetzee
Leitura dramática de “Um beijo no asfalto” por escritores, às 22h, com direção de Bia Lessa
08/07 – domingo
“Sem dramas”, às 10h, com Bosco Brasil e Mario Bortolotto
“No coração da selva”, às 11h45, com Luiz Felipe de Alencastro
“Sobre meninos e lobos”, às 15h, com Paulo Lins e Ishmael Beah
“De Macondo a Mccondo”, às 17h, com Ignacio Padilla e Rodrigo Fresán
“Literatura de estimação”, às 19h, seleção de trechos de livros prediletos dos escritores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s