Ministério do Meio Ambiente apresenta novas informações do Aqüífero Guarani

Rafael Imolene/Assessoria de Comunicação/Ministério do Meio Ambiente

250px-Aquiferoguarani

O Ministério do Meio Ambiente apresentou em Ribeirão Preto (SP), informações e mapas atualizados do aqüífero Guarani, até hoje o mais importante reservatório de água doce subterrânea identificada na América do Sul, bem como um dos maiores do mundo. Os novos documentos foram mostrados aos participantes da Abertura da Semana do Meio Ambiente 2007, no município do interior paulista de 560 mil habitantes, abastecido pelas águas do reservatório.

As informações são resultado de um estudo desenvolvido pelo Fundo de Universidades, que integra o Projeto Aqüífero, e contêm os mais recentes dados gerados pelo projeto. As informações incluem avaliação dos recursos hídricos do Sistema Aqüífero Guarani (SAG) no Município da Araguari (MG), o monitoramento hidrogeológico da bacia-piloto do Ribeirão da Onça, o estudo do movimento das águas subterrâneas do sistema, por meio de isótopos, no Paraná, São Paulo e no Uruguai, entre outros estudos.

No evento também foram apresentados o mapa base do aqüífero, além do material de difusão do Fundo de Cidadania e do Manual de Perfuração de Poços na região da reserva. O Manual deverá  ser distribuído nas universidades e instituições que atuam na área de recursos hídricos e também estará disponível na internet.

A abertura da Semana começou com uma reunião da Câmara Técnica de Águas Subterrâneas do Conselho Nacional de Recursos Hídricos. No período da tarde, houve plantio de mudas de árvores em área de afloramento do Sistema Aqüífero Guarani (SAG).Na sede do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE), também em Ribeirão Preto, ocorreu a distribuição de material já produzido sobre o SAG, com inauguração do Centro de Referência Aqüífero Guarani Celso Antonio Perticarrari.

O aqüífero Guarani possui aproximadamente 35 mil quilômetros cúbicos de água, encontrada em profundidades que vão desde 50 metros até 1.800 metros. Está localizado em parte da região leste e centro-sul do continente, passando pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Sua superfície total é de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, equivalente aos territórios da França, Itália e Espanha somados. Em sua área de abrangência vivem aproximadamente 25 milhões de pessoas. O Brasil possui a maior parte, cerca de 70% do total, estendendo-se por oito estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Anúncios

3 comentários sobre “Ministério do Meio Ambiente apresenta novas informações do Aqüífero Guarani

  1. No inicío das obras da estand de vendas do Fit Parque da Lagoinha em Ribeirão Preto eu fiz uma reportagem em que diz que a área é de recarga do Aquífero Guarani e o promotor do Meio Ambiente de Ribeirão Preto, Marcelo Gulart , sem rodeios me disse que sabia da obra, mas se mostrou pouco interessado em acelerar o processo de investigação. Farei uma nova reportagem com uma denúncia mais aprofundada. Sei que não vai resolver muito, mas vou fazer um pouco de barulho!
    Veja a reportagem no : http://renangouvea.wordpress.com/denuncia/.
    Abs.
    Renan Gouvêa

  2. se nos quisermos preservar o aquifero guarani temos que começar a interditar as obras do fit parque da lagoinha sera tres tores com 17 pisos no valor de 100mil cada isto sera construido dentro da nacente do coregos das plmeiras que e uma lagoa gue o aguifero fluiu ai nao para e tambem dentro do parque ecologico aguifero guarani ai altoridades vamos ounao vamos interditar esta obra absurdo tudo acontece nas barbas das altoridades eniguem fas nada oque manda e dinheiro ? ai policia federal vamos envestigar porque nosso ministerio publico esta engordando a burra

  3. O Aquifero Guarani, que banha Ribeirão Preto está ameaçado!
    Esta acontecendo um descaso aqui na cidade de Ribeirão Preto, pois o prefeito esta deixando construir três edificios com dezessete andares nas margens do aquifero. Sendo que o mesmo havia prometido, ou seja consta no plano diretor de 2006, um parque ecologico Guarani para a preservação do maior manancial de água doce.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s