Santo Antônio já pregava a preservação da natureza

De Gazeta de Limeira

e-344-a_0001_1_p24-C-R0072

Santo Antônio é considerado o padroeiro dos pobres, é também o santo casamenteiro e das coisas perdidas, além de doutor da Igreja. Mas o que alguns fiéis não sabem é que ele era um grande amante da natureza e, há muitos séculos, já pregava a preservação do Meio Ambiente, mesmo sem saber que nos dias de hoje, no século XXI, o mundo viveria um grande transtorno: o aquecimento global.

Ele viveu na época de São Francisco de Assis, em meados de 1200, que também era um grande defensor da natureza, sobretudo dos animais. “Na verdade, São Francisco foi um grande incentivador de Santo Antônio”, contou o padre Paulo Sérgio Lopes Gonçalves, da Paróquia da Sagrada Família.

Conforme o padre, o padroeiro tinha muito cuidado ao se referir ao sistema planetário. O santo dizia que a vida plena poderia ser encontrada diretamente no Meio Ambiente, através das criaturas. “Afinal a natureza é vital”. Naquele tempo, Santo Antônio já pedia que as pessoas tivessem mais cuidados com os rios, as árvores e os animais. “Ele não sabia que o progresso e o desenvolvimento levaria ao descaso, e hoje, se observa a preocupação com o aquecimento global para que o quadro se reverta”. Ele é um co-patrono da ecologia.

O ambientalista, diretor de Recursos Hídricos e coordenador do curso de Engenharia Ambiental do Isca Faculdades, Dirceu Brasil Vieira, ficou surpreso e feliz ao saber da preocupação que Santo Antônio já tinha. “É fantástico saber que alguém com tamanha religiosidade e intimidade com Deus tinha esta visão de Meio Ambiente. Isso mostra o quanto precisamos nos conscientizar e aproveitar para pedir a intercessão e ajuda de Santo Antônio”. Muitas pessoas, assim como Dirceu, acreditavam que ele era apenas o “santo casamenteiro”.

SANTO CASAMENTEIRO

Ainda em vida, conforme explicou o padre Alquermes Valvassori, Santo Antônio, ainda frade, já realizava milagres. “Por isso até foi o mártir que recebeu a canonização mais rápida da história”.

De acordo com o padre, uma das inúmeras histórias que o tornou um santo casamenteiro, trata-se de um casal que encontrava as mais diversas dificuldades para o matrimônio. Problemas financeiros e familiares eram algumas delas. “Foi então que o casal pediu a benção do então frade e, dias depois, se casaram e tiveram uma união especial”.

OS POBRES

Dentre as inúmeras características de Santo Antônio, o padre da Paróquia Sagrada Família, disse que uma das que mais se destacam é o amor que ele tinha pelos pobres. “Todos os dias o santo saía do convento da Ordem Franciscana e levava pães para os pobres, por isso também a tradição dos “pães de Santo Antônio”. Para ele, a caridade é exercida através dos pobres, que são vítimas das condições sociais, da má distribuição de renda e do descaso da sociedade. “No gesto de entrega do pão, Santo Antônio demonstrava o amor profundo que tinha com o próximo, que é o próprio Jesus humilhado”.

Padre Gonçalves diz que as atitudes de Santo Antônio devem ser refletidas nos dias de hoje para aumentar a fé dos cristãos. “Tem gente que diz que religião não se discute. Religião se discute sim, até porque a tradição do catolicismo não deve ser dispersa e Santo Antônio também foi e ainda é um grande defensor da Igreja e da Bíblia”. É esta também uma outra característica: um sabedor das sagradas escrituras, por isso, o “doutor da Igreja”.

SIMPATIAS DE SANTO ANTÔNIO

Padre Reynaldo Ferreira de Mello, da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, diz que a Igreja não incentiva as simpatias. Mas, a fé no santo casamenteiro, é muito grande para alguns fiéis que acreditam nos rituais. Para o padre Reynaldo, o melhor mesmo a se fazer é rezar e pedir a intercessão do padroeiro para um bom casamento e, para os que já são casados, para que permaneça a paz e a união.

Anúncios

3 comentários sobre “Santo Antônio já pregava a preservação da natureza

  1. Ele diria : ” Tome vergonha na cara , minha filha . Seu(sua) filho(a) casou . Você não pode ficar fazendo intriga .

  2. Santo Antônio ficaria arrasado com onda de divórcios que varre os Estados Unidfos e o Brasil hoje . Mas , nada é para sempre .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s