Utilidades do mel

Dra. Maria Stela De Simone
Diretora Executiva – Associação Brasileira de Ayurveda
stela@infolink.com.br

 abelha.png 

Não é de hoje que o Homem descobriu todo o poder do mel. Há registros sobre o uso do mel pelos Sumérios, na Mesopotâmia (2.300 anos antes de nossa Era), na alimentação. De lá para cá, o mel – e seus subprodutos como a geléia real e o própolis – se faz presente na culinária, na indústria farmacêutica e cosmética, só para citar alguns exemplos. Na forma de shampoo, cremes, substituindo o açúcar ou fortalecendo o organismo, o mel reúne características que o fazem indispensável.

Produzido com néctar das flores, coletado e transformado pelas abelhas através da evaporação da água e da adição de enzimas, o mel é composto de água, açúcares (sacarose, frutose, glicose e maltose), ácidos orgânicos, minerais e aminoácidos. Possui poucas vitaminas e quase nenhuma proteína ou gordura e suas características variam de acordo com a flor de que é extraído o néctar utilizado em sua produção. Além dos açúcares, conta com alguns “aditivos” do sistema digestivo da abelha. Estas substâncias servem como um conservante, garantindo que o mel permaneça nutritivo por muito tempo.

Na medicina ayurvédica (indiana), o mel é conhecido como yogavaha, porque aumenta os efeitos terapêuticos das plantas medicinais que são veiculados com ele. “O sabor doce e adstringente e a energia quente do mel o tornam um veículo adequado para levar os princípios ativos dos medicamentos aos tecidos corporais de forma profunda, permitindo a penetração através de tecidos sutis e poros”, diz. Aliado no combate a distúrbios do aparelho respiratório, como rouquidão, tosse e catarro, o mel é usado na dieta ayurvédica para diminuir Kapha, ou seja, reduzir a gordura corpora e a retenção de líquidos (inchaços), quando usado em pequena quantidade.

Suas propriedades medicinais variam conforme o tipo de mel. O de laranjeira funciona como calmante, além de exercer leve ação laxante; o de flores silvestres confere energia, sendo um dos melhores para se fazer máscaras caseiras porque beneficia a pele, e o de eucalipto favorece as vias respiratórias, desobstruindo-as.

O mel ajuda a tratar secura dos intestinos, bronquite, asma, resfriado, náusea, sede excessiva, hemorragia, diabetes e dor de garganta. Tipos crus e aquecidos de mel são úteis para tratar úlceras de estômago, úlceras bucais, pressão alta e constipação e podem ser aplicados diretamente a queimaduras. É bom para adoçar e harmonizar a maioria das fórmulas medicinais e serve como um antídoto para a maioria dos venenos naturais. Outras secreções de abelha, como própolis e geléia real, têm propriedades tônicas enérgicas, a última em alto grau. O mel também promove inteligência, força e determinação.

A cosmetologia ayurvédica é extremamente rica em recursos. De modo geral, os fatores responsáveis pela beleza de uma pessoa são: a dieta e estilo de vida (rotina diária), a condição geográfica e climática e a atmosfera social, sem esquecer da genética, é claro. Dormir oito horas por noite e se alimentar corretamente contribuem para o seu bem-estar. Eis algumas máscaras de mel que podem ser feitas em casa e que são excelentes para manter a pele saudável.


Para ter uma pele fresca

Ingredientes:
1 colher de chá de mel;
1 ovo branco;
1 colher de chá de suco de cenoura;
1 colher de chá de alho esmagado.
Misture até obter uma pasta e aplique uma camada fina.
Deixe agir cerca de 20 minutos e depois enxágüe.

Máscara clarificadora

Ingredientes:
1/2 colher de chá de mel;
2 colheres de chá de amêndoa moída;
1 colher de chá de água de rosas.
Misture a pasta e aplique uma camada fina.
Deixe agir cerca de 15 minutos e depois enxágüe com água de rosas fresca.

Para todos os tipos de pele

Ingredientes:
1 colher de sopa de mel;
1/2 colher de sopa de maçãs descascadas e fatiadas;
1 colher de chá de suco de limão;
1 gema de ovo;
1 colher de sopa de vinagre;
3 colheres de sopa de óleo de gergelim.
Aplique uma camada fina.
Deixe agir cerca de 20 minutos e depois enxágüe.

Para pele seca

Ingredientes:
1 colher de chá de mel;
1 gema de ovo;
1 colher de sopa de leite em pó.
Misture, aplique no rosto e enxágüe 20 minutos depois.

Para pele oleosa

Ingredientes:
1/2 colher de chá de mel;
1 colher de sobremesa de suco de limão.
Misture tudo e aplique uma camada fina.
Deixe agir cerca de 20 minutos e depois enxágüe.

Pequenos Cuidados

Por causa do botulismo, não é aconselhável dar mel a crianças com menos de um ano.

O mel quando é aquecido ou usado em substâncias quentes favorece a produção de radicais livres. Isto ocorre porque com o aquecimento, a água, a glicose, a sacarose e os minerais, presentes no mel, são “separados” pela ação do calor, comprometendo sua qualidade. Além disso, os sucos digestivos das abelhas, que completam a composição final do mel e ajudam na sua preservação, são destruídos com o aquecimento. Se você estiver acrescentando mel a um prato ou bebida quente, faça-o após a preparação.

Indicações

Constipação – tome 1 colher de chá de mel 3 vezes por dia.
Para problemas de garganta – misture 1 colher de sobremesa de mel a 1 xícara de água morna junto com suco de meio limão e faça o gargarejo.
Ressaca: o sabor doce do mel e suas características antitóxicas auxiliam no ciclo do alcoolismo. Tome uma colherada de mel durante a ressaca.

Composição Média do Mel (Masson, 1994):

A composição do mel varia muito de acordo com a região e o tipo de flor.

Água…………………..17,7%
Glicose………………..34,0%
Frutose………………..40,5%
Sacarose……………….1,9%
Sais Minerais………….0,18% (potássio, cloreto, cálcio, enxofre, sódio, ferro)
Outros:………………….5,72%*

Obs.: *Fosfato de Ca e Fe, ácidos fórmico e acético,fermentos, vitaminas A, B1, B2, B5, B6, C, E e K, e grãos de pólen.

Preservação do Mel

O mel ao ser retirado dos favos tem aparência aquosa, depois de um certo tempo apresenta-se pastoso ou granulado pela cristalização de açucares, de acordo com a sua composição.

O mel cristalizado deve ser aquecido em banho-maria, no máximo a 50 º C, para não perder suas propriedades terapêuticas. Pode possuir diversas cores, de acordo com o tipo de flor, e se mantém íntegro por longos períodos porque a abelha lhe adiciona ácido fórmico, um ótimo conservante, e a inibina, excelente bactericida.

Anúncios

14 comentários sobre “Utilidades do mel

  1. a pediatra da minha filha recomendou para eu da mel karo até hoje ñ entendir porquer

  2. Todo o mel endureçe,tanto o falço quanto o verdadeiro,voçe so tem q fazer o teste com o iodo.
    o iodo vai te dizer qual e o falço eo verdadeiro.

  3. E impossivel viver sem mel em casa ne,para pao integral, sucos, xaropes, mascaras,cicatrizacao de feridas e muitomais.E uma colher de sopa desse elixir antes de dormir e escelente.

  4. adooooooooooooooooooooooooooooooooooooorrrrrrrrrrrrrrrrreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii o comentario da abelha eu so nao gosto muito dela pq ELA TEM UM FERAO MAS EU GOSTO DO MEL DELA OBRIGADA POR LER

  5. se for possivel me responda. Eu tenho dez coméia de abelha africana e sempre que eu tiro o mel e deixo guardado por algum tempo ele endurece.

  6. queria fazer minha monografia sobre mel e suas ultilidades

    sera que daria certo???
    estou um pouco insegura por favor se puderem me ajuda
    obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s