531/ Governo de Moçambique autoriza Vale a explorar carvão por 25 anos

De AngolaPress

mina

Maputo, 28/06 – O governo de Moçambique autorizou, o Ministério dos Recursos Minerais a assinar contrato de exploração do carvão de Moatize, centro do país, com a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), cuja concessão terá validade de 25 anos, prazo máximo previsto pela lei moçambicana de minas.

A CVRD pagou 122,8 milhões de dólares para obter a concessão do carvão de Moatize, uma das maiores reservas mundiais com carvão inexplorado, estimadas em 2,5 biliões de toneladas do mineral.

A ministra dos Recursos Minerais de Moçambique, Esperança Bias, recebeu o aval para fechar o acordo com a CVRD durante a sessão do Conselho de Ministros, na terça-feira. A informação foi divulgada quarta-feira pelo porta-voz do conselho e vice-ministro da Educação e Cultura, Luis Covane.

A Vale representa 95% do consórcio que vai explorar a mina. Os outros 5% da parceria pertencem a American Metals and Coal International (AMCI), empresa norte-americana produtora de carvão. O contrato prevê o início da exploração de carvão em 2010 e o minério será vendido tanto no mercado internacional quanto nos complexos industriais da CVRD no Brasil.

A companhia brasileira pretende explorar, anualmente, 26 milhões de toneladas de carvão bruto na reserva moçambicana. Entre os componentes que serão extraídos estão o coque, para a indústria metalúrgica, e o carvão energético, destinado à produção de energia elétrica.

Cerca de 3.000 postos de trabalho temporários serão criados com a ativação da mina e 1.500 empregos definitivos serão gerados na fase de exploração do minério.

Segundo levantamento da CVRD, o potencial energético em Moatize pode ser explorado durante 35 anos, 10 anos a mais que o período da concessão obtida.

Além da capacidade de produção, o estudo avaliou ainda a qualidade do produto, as necessidades do sistema de transporte para o escoamento do carvão, o impacto social e econômico do empreendimento, entre outros elementos.

Anúncios

Um comentário sobre “531/ Governo de Moçambique autoriza Vale a explorar carvão por 25 anos

  1. cordiais saudacoes. gostava de obter mais informacoes acerca do futuro empreendimento de exploracao de carvao de moatize em mocambique tais com:
    impacto economico,
    impacto ambiental,
    legislacao aplicada a exploracao,
    as perspectivas futuras.
    agradeco a vossa atencao e aguardo o retorno.
    bom trabalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s