546/ Católicos tradicionalistas aplaudem liberalização de missa em Latim

Do Agencia Financeira

O anúncio da liberalização da missa em latim foi bastante bem acolhido pelos católicos tradicionalistas franceses, que se abstêm contudo de gritar vitória antes de ler o decreto papal, anuncia a agência «Lusa».

A fidelidade a esta liturgia foi uma das causas do cisma ocorrido na igreja católica francesa, com monsenhor Marcel Lefebvre a pretender manter o rito antigo (ou “tridentino”, relativo ao Concílio de Trento, 1545-1553), enquanto o Vaticano preferia a missa na língua vernácula, com o sacerdote frente aos fiéis, a comunhão de pé, etc.

“Estou muito contente com a chegada deste documento, mas não posso comentá-lo, porque não o li. Há que saber se há condições e quais são elas”, disse hoje o abade Philippe Laguérie.

Também a Fraternidade Santo Pio X prefere esperar para conhecer o documento, adiantando que um tal gesto facilitaria as relações com o Vaticano, mas “as questões doutrinais permanecem”.

O abade Alain Laurans, desta Fraternidade, recordou que a saída dos integristas se deveu a “um conjunto de razões, de que a liturgia era apenas um elemento”. Resolver a questão da missa tridentina não impedirá as divergências, nomeadamente, quanto ao ecumenismo, sublinhou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s