554/ Ministro da Defesa do Japão renuncia após gafe atômica

Do Midiacon

fumiokyuma

TÓQUIO – O ministro da Defesa do Japão renunciou nesta terça-feira devido a declarações que pareciam justificar os ataques com bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, em novo escândalo que afeta o governo antes das eleições deste mês. No sábado, o ministro Fumio Kyuma afirmou que os bombardeios nucleares dias antes da rendição japonesa na Segunda Guerra Mundial “não poderiam ter sido evitados“.

Os índices de aprovação do primeiro-ministro Shinzo Abe já haviam caído por causa da irritação pública com o que é visto como mau gerenciamento da Previdência.

Abe indicou a assessora de segurança nacional Yuriko Koike, 54, ex-ministra do Ambiente que fala inglês e árabe, para o lugar de Kyuma. Ela se tornará na quarta-feira a primeira mulher a assumir a Defesa do Japão. “Lamento que os meus comentários causaram problema. Sinto muito“, disse a repórteres Kyuma, cujo distrito eleitoral inclui Nagasaki.

Kyuma desculpou-se diversas vezes pelas declarações, e Abe tentou reduzir as críticas com uma bronca ao ministro de 66 anos. Mas partidos de oposição, que tentam aproveitar a vantagem antes do pleito legislativo de 29 de julho, mantiveram a pressão pela renúncia do ministro.

Kyuma é o segundo ministro a renunciar desde que Abe assumiu o cargo, em setembro.

Mais de 360 mil pessoas morreram em consequência das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945, pouco antes da rendição japonesa na Segunda Guerra Mundial.

Anúncios

2 comentários sobre “554/ Ministro da Defesa do Japão renuncia após gafe atômica

  1. Adriano,

    Pode ser que seja isto, embora não creia. O mais provável é que a declaração seja apenas a expressão da visão de um militar, cujo raciocínio, de um modo geral, está baseado na noção da relação número de baixas x objetivo a ser alcançado.

    Abraços,

    Xicolopes

  2. Muito suspeito essa afirmação, o governo japonês esta planejando algo de grandes proporções sem duvida, por exemplo divulgar que possui a bomba atômica e intimidar os chineses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s