578/ Se fizer o contrário, saudável será…

Escrito por Marco do Bitaites (com adaptações)

Eis um modo inteligente e divertido de recomendar uma programação saudável para as férias, o texto a seguir está no Bitaites, blogue português, do qual, o Blogvisão já falou em outra oportunidade, com o título:

Vamos lá engordar nestas férias, ok? (fiz algumas adaptações para o falar do brasileiro, mas espero ter mantido o espírito bem humorado e leve do original).

Gordura é formosura, não permitam que o vosso sex-appeal vá por água abaixo durante estas férias. Comam, bebam, fumem e não façam exercício físico. Só assim evitarão criar a horrível massa muscular acumulada à volta da gordura. A dificuldade em engordar não está relacionada com o biotipo, mas na falta de método e força de vontade. Neste post procuro dar algumas dicas a todos aqueles que vão entrar de férias e querem livrar-se da massa muscular em excesso. Este conjunto de sete regras irá ajudá-lo a engordar com sucesso e a transformar a sua barriga num autêntico botijão de gás. Boa sorte!

1 Cuidado com a bebida

Este é um dos passos mais importantes. Se tiver amigos médicos ou nutricionistas, evite-os ou esconda-se debaixo da mesa se eles aparecerem. Beba muita cerveja, que também é líquida e ao menos tem sabor. A expressão “barriguinha de cerveja” surgiu precisamente em homenagem aos bravos que seguiram este regime antes de você. Por favor, não os desiluda. Se possível combine a cerveja com a ingestão de refrescos muito açucarados durante os lanches, de preferência sintéticos.

Desconfie sempre dos sucos naturais, pois fazem bem à saúde. Se não estiver satisfeito com os resultados, pode experimentar beber três ou quatro bebidas gaseificadas a cada refeição. A Coca-Cola e a Pepsi, por exemplo, não só lhe fazem inchar o estômago como têm uma excelente ação digestiva.

2 Cuidado com a alimentação

Evite as frutas, os legumes, as saladas, os alimentos grelhados ou cozidos. O melhor é comer sempre o dobro do que realmente necessita. Tenha em mente que é muito importante comer carne de porco, salsichas, chouriços, carne vermelha (quanto mais gordurosa melhor) torresmos e frangos (sobretudo as peles, certifique-se de que estão bem recheadas com molho de manteiga). Não se esqueça também da maionese (despeje aquilo tudo no prato, organize competições de quem-come-mais-maionese com os amigos, enfim, use a imaginação e procure divertir-se nestas férias) e, já sabe, abuse sempre das frituras.

Para prolongar o regime de férias e a duração das refeições, vá comendo enquanto conversa. Fale de futebol e, se as esposas ou namoradas não estiverem presentes, fale de mulheres. Coce as partes baixas para testar a eficácia do regime alimentar que lhe propomos: quando verificar que já tem dificuldade em chegar lá, então saberá que está no bom caminho e que essa barriguinha finalmente começa a crescer.

Quando estiver comendo, mastigue devagar e engula grandes quantidades de cada vez para criar bolas de comida no estômago e obrigá-lo a dilatar. Quanto mais comer, mais ele dilata. Quanto mais dilata, mais come. Delicioso.

Não faça pontes entre as refeições – afinal, está de férias. Passe a tarde inteira a comer, a beber e a conversar, e procure mexer-se o menos possível. Adie ao máximo a ida ao banheiro e, se tiver mesmo de ir, arranje uma daquelas cadeirinhas de escritório com rodinhas para que não tenha de se esforçar muito.

3 Deixe de fumar

O tabaco é prejudicial ao nosso regime de férias, pois inibe o apetite. Existem inúmeros casos de pessoas que engordam quando deixam de fumar, pois procuram compensar a ausência do cigarro com comida. Não queremos dizer com isto que deve deixar de fumar totalmente, pois seria um disparate, mas pode usar essa ansiedade a seu favor. Experimente, por exemplo, ficar duas ou três horas sem tocar num cigarro e, sempre que tiver vontade de o fazer, comer duas ou três bolas de sorvete de creme. Não aceite bolas mal preparadas, ou seja, com pouco açúcar. Deve sempre exigir que todos os bolos estejam cobertos de açúcar. Se quiser beber leite, pode fazê-lo, desde que seja integral.

Findo este período, poderá voltar a fumar novamente. Fume dois ou três cigarros de uma vez, para compensar o tempo perdido, mas não o faça de barriga vazia: acompanhe sempre com café. E não se esqueça: ponha sempre muito açúcar. Para saber a percentagem ideal de açúcar, faça a seguinte experiência: coloque a colher dentro da chávena e vá deitando açúcar até a colher se aguentar de pé sozinha. Depois já pode beber à vontade. Se necessário, repita o processo que lhe descrevemos. Se nunca fumou na vida, então esta é uma boa hora para começar. Faça-o antes das férias, pois assim poderá ganhar o vício a tempo e beneficiar deste método.

4 Cuidado com os exercícios físicos

Todos sabemos que o exercício físico é muito prejudicial a quem deseja criar barriga, pelo que deve evitá-lo a todo o custo. Não use desculpas e evite qualquer contato com gente que goste de se mexer. Sempre que possível, comporte-se como uma estátua – mas tenha cuidado com os pombos. Se puder, coma-os também.

Tenha em atenção, contudo, com a forma como recusa participar num jogo de futebol. Não faça gestos bruscos. Diga que não muito lentamente, de forma magnânime, como um imperador romano, o Nero, por exemplo, que tinha uma respeitável pança e é um exemplo a seguir; assim não prejudicará o crescimento da gordura que, bendito seja, por esta altura se estará a acumular no seu corpo seboso e pegajoso.

Se gosta de esportes, procure entreter-se vendo a Sport TV de manhã à noite sentado no sofá. Não se enerve nem se emocione, pois isso implica um gasto desnecessário de energia. Assita uma partida de tênis, por exemplo. Uma alternativa é mudar de canal e assistir aos discursos de parlamentares.

Este método sofá-com-televisão tem a vantagem de poder ser acompanhado com a ingestão de mais gorduras e bebidas alcoólicas. Convém, de vez em quando, fazer um intervalo e deitar-se completamente.

Se tenciona sair de casa para passar as férias (uma grande asneira), então jogue muito cartas. É o esporte de verão por excelência. Não é preciso levantar os braços para atirar as cartas sobre a mesa, basta fazer uso dos pulsos e das mãos. Mas nada de exageros.

5 Procure ficar em casa, no sofá

Sair de casa, apanhar sol, praia, campo e respirar ar puro são atividades desaconselháveis. Não se afaste muito do sofá. Certifique-se de que tem o controle remoto à mão. Arranje uma televisão para o quarto de forma a poder ficar o dia todo na cama. Compre pilhas de reserva para o controle antes de sair de férias – assim ficará livre de se levantar.

6 Coma muitos hambúrgueres

Já que passa tanto tempo a ver filmes americanos merdosos, porque não copiar-lhes os hábitos alimentares? É simples: quando escolher um lugar para passar as férias, certifique-se de que existe por perto um McDonalds.

Este é um dos métodos mais seguros para ganhar peso, não só na barriga como no cérebro. Coma cinco ou seis hambúrgueres por refeição, acompanhe com bebidas alcoólicas ou coca-colas e faça o americano corar de inveja.

7 Dê uma lição ao mundo!

Quem disse que a nossa barriga está em vias de desenvolvimento? No dia em que as barrigas de todo o mundo se reunirem numa cimeira, seguindo este roteiro, a nossa será com certeza parte do G8 – as oito nações mais gordas do mundo. Mais fome que barriga, nós? Calúnias e insinuações maliciosas! Vamos provar-lhes que somos os melhores. Se, no fim das férias, for um barrigudo, parabéns, conseguiu! Estamos orgulhosos de você. Queremos cumprimentá-lo. Venham de lá esses ossos, homem (se os conseguir encontrar). E se não os encontrar, tanto melhor!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s