619/ Lula se diz triste com as vaias na abertura do Pan

Do Diário do Nordeste

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva no seu programa semana de rádio, ‘Café com o Presidente’, comentou hoje as vaias que recebeu no Maracanã, na abertura dos jogos Pan-Americanos, e disse ter ficado triste, pois foi preparado para uma festa. O próprio presidente chamou a atenção para o que aconteceu na sexta-feira e salientou que a pergunta a ser feita era a seguinte:

” ‘O que aconteceu no Maracanã com a vaia ao presidente da República?’ Para mim, na minha vida política, a vaia e o aplauso são dois momentos de reação do ser humano. A única coisa que eu, particularmente, fico triste triste é que eu fui preparado para uma festa. É como se eu fosse convidado para o aniversário de um amigo meu, chegasse lá e encontrasse um grupo de pessoas que não queria a minha presença lá”.

Lula disse ter certeza que as vaias não representam o pensamento do Rio de Janeiro e disse que após o fim do evento, “várias pessoas vieram dizer que tinha sido organizado, que gente tinha recebido o convite. A mim, não interessa o que aconteceu, já aconteceu. O importante é que foi uma abertura extraordinária dos Jogos Pan-Americanos. Eu tenho consciência do que representa o Rio, para o Brasil. Eu tenho consciência de que o povo do Rio de Janeiro tem sua auto-estima nesse momento muito melhor do que tinha três, quatro anos atrás”.

E complementou: “Nós vamos trabalhar, nós temos muitos projetos para trabalhar no Rio de Janeiro e vamos trabalhar. Isso não muda um milímetro do meu comportamento com o Estado. O Rio de Janeiro, a gente poderia dizer, continua lindo e merece que o governo federal faça o que for possível para o Rio de Janeiro”.

O presidente também disse que a parceria com o Rio de Janeiro vai prosseguir. Sem dizer, mas de certo modo, suas palavras respondiam ao prefeito do Rio, Cesar Maia, dos Democratas: ” Sempre que há disposição dos governantes, seja ele municipal, estadual ou federal, de fazerem parcerias, a coisa flui com muito mais facilidade, ou seja, quando há disputa política a coisa fica mais encrencada, porque as pessoas ficam disputando de quem é o espaço político no estado, no município”, disse.

“Quando tudo isso pode ser considerado bobagem se a gente medir o benefício que ganha o povo do estado quando tem uma parceria com o governo federal. Muita coisa vai acontecer ainda para o povo do Rio de Janeiro. Eu estou convencido de que quanto mais os governantes se entenderem, mais o povo brasileiro ganhará.” Cesar Maia foi quem disse que o governo tentou federalizar o Pan-Americano.

Anúncios

2 comentários sobre “619/ Lula se diz triste com as vaias na abertura do Pan

  1. De fato não foi um espetáculo, no entanto, todo político está sujeito a este tipo de manifestação, que ocorre em qualquer ponto do planeta, onde haja pelo menos, relativa liberdade de expressão.

    As vaias podem não ser o melhor instrumento, mas indicam que alguma coisa não está bem.

    Xicolopes

  2. Não votei no Lula, nas últimas eleições. No entanto, achei um grande desrespeito à “figura” do Presidente. Ficou, a meu ver, uma idéia de povo despreparado para a democracia. Disputas políticas devem ser praticadas no fórum adequado: Congresso Nacional. Não me engano, entretanto, que ali não tivesse um fato político, mas externar para o mundo a nossa falta de educação foi demais. E o povo do Rio, cidade maravilhosa, não merece ficar com esta vergonhosa imagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s