721/ Sarkozy debaixo de fogo

Sena Santos p/ DNOnLine.pt

Rompe-se o estado de graça e surgem as primeiras críticas ao estilo de Sarkozy. Barbara Spinelli no La Stampa: “A Sarkomania tornou-se um fenômeno e uma atração européia.

Eleito pela direita, teve a astúcia transgressiva para, ao cooptar personalidades socialistas para o Governo ou para cargos internacionais, seduzir a esquerda. Gera um entusiasmo que reflete o tempo ligeiro que vivemos. Sarkozy cultiva a ruptura, mas rompe com a tradição européia de lealdade e dá sinais de arrogância.”

Spinelli acusa Sarkozy de prometer avanços, por exemplo na União Européia, que, de fato, escondem recuos: “Faz tirar do novo Tratado o princípio cardeal da livre concorrência e quer nova escapatória de Paris ao Pacto de Estabilidade. O conflito com o BCE revela o mesmo desejo de pôr a união econômica e monetária a serviço dos interesses da França, não os da Europa.”

Mais queixas: “Sarkozy gaba-se de conseguir de Kadhafi a libertação das enfermeiras búlgaras, quando o mérito também é de outros europeus que negociaram o acordo” [La Repubblica]. O Frankfurter Allgemeine Zeitung vê em “alguns gestos” de Sarkozy “retórica sem cortesia”. A controvérsia do momento na França: a regulamentação do serviço mínimo, que obriga os grevistas a declarar-se 48 horas antes.

“Ataque à liberdade!” [L’ Humanité]; “Com as eleições resolvidas, Sarkozy instala o braço-de-ferro com os sindicatos para esta rentrée” [La Montagne]; “Promete diálogo social mas já decidiu tudo” [Libération]. Le Figaro posiciona-se ao lado do Governo “que defende o serviço ao público”.

Agora, Sarkozy abriu nova frente ao dizer, em Dakar, que os males de África não são culpa da colonização, mas dos africanos. “Veio com a atitude dos antigos missionários que pretendiam civilizar os nossos avós. Parece que certos europeus continuam a pensar – que heresia! – que os africanos vivem nas árvores” [Sud Quotidien]; “quis dar lições, como matarem-se uns aos outros fosse exclusivo de africanos; esqueceu os massacres na Sérvia ou em Belfast?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s