782/ Um ótimo motivo para comer salmão

Por Kátia Stringueto para a Revista Bons Fluidos

salmao  

Hipócrates dizia: “Deixe o alimento ser a medicina”. Hoje, a gente não imagina viver assim, sem remédios. E nem precisa. Mas a dieta tem recuperado muito de sua fama curativa e cada vez mais tem sido associada ao alívio da dor. O tema ainda é novo, mas alguns estudos já sugerem nutrientes que merecem constar mais vezes em nosso cardápio.

É o que afirmam os pesquisadores Robert Goldberg e Joel Katz, da Universidade York, em Toronto, Canadá. Em artigo publicado em janeiro deste ano na revista Pain (dor, em inglês), da Associação Internacional para o Estudo da Dor, os especialistas revelaram que suplementos de ômega-3 podem reduzir a dor decorrente de inflamações. O ômega-3 é uma gordura poliinsaturada abundante em peixes de águas frias e profundas, como o salmão e a sardinha frescos.

CÓLICAS

Os especialistas analisaram 17 estudos, em um método chamado meta-análise, e concluíram que os pacientes que tomaram ômega-3 por entre três e quatro meses relataram sentir menos dor. No caso, o trabalho se referiu a dores reumáticas e cólicas menstruais.

“Os pesquisadores relataram que houve um efeito analgésico importante, mas não podem afirmar ainda qual a dose eficaz. Observaram também que algumas pessoas parecem ser mais suscetíveis a esse efeito do que outras, o que estaria determinado pela predisposição genética”, diz Marco Dias Leme, nutricionista do Grupo de Dor do Hospital das Clínicas e que apresentou a novidade, em julho, durante o II Congresso Brasileiro de Nutrição Integrada, que aconteceu em São Paulo.

EFEITO ANALGÉSICO

Segundo a nutricionista Maria Izabel Lamounier de Vasconcellos, de São Pau­lo, esse é um novo foco para o auxílio do paciente com dor. “Em seu processo de digestão, o ômega-3 se quebra em minúsculas substâncias, que têm uma ação antiinflamatória sobre as células”, explica. Ela frisa, no entanto, que essas substâncias podem ter um efeito ainda melhor se nossa ingestão de vitamina E estiver em dia.

“Essa vitamina, presente nos azeites de oliva, soja e milho, entre outras fontes, ajuda a manter a membrana da célula íntegra e protege contra o estímulo da dor. É um coadjuvante, portanto, do ômega-3.”

O médico e acupunturista Marcius Luz, de São Paulo, explica que o ômega-3 concorre com outros transmissores do impulso nervoso. “Imagine três escadas rolantes, as três levando para o mesmo lugar. O que o ômega-3 faz é subir numa delas e bloquear a passagem da dor. É uma vantagem. Mas é bom entender que só isso não substitui a necessidade de medicamentos”, considera. Pelo menos, ainda não.

QUANTO INGERIR?

Embora não se saiba a quantidade diária de ômega-3 eficiente para minimizar a dor, existe a recomendação geral para que a população consuma salmão ou sardinha frescos três vezes por semana. É uma ação preventiva!

OUTRO ALIMENTO NO COMBATE À DOR!

As sementes de linhaça também são ricas em ômega-3. Mas atenção: para liberarem o nutriente, elas precisam ser trituradas. Trinque com os dentes ou bata no liquidificador antes de ingerir. O recomendado é uma colher de sopa (15 g) por dia.

Anúncios

2 comentários sobre “782/ Um ótimo motivo para comer salmão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s