807/ Capital de Guiné Bissau sem luz por falta de dinheiro

Do Observatório do Algarve

A capital da Guiné-Bissau está as escuras e sem água potável desde o fim-de-semana, devendo a situação manter-se por um período indeterminado, indicou hoje fonte oficial da Empresa de Electricidade e Águas (EAGB).

De acordo com Faustino Cunha, porta-voz da EAGB, empresa estatal, a situação deve-se à falta de verbas para a compra do óleo para alimentar a central elétrica de Bissau.

A empresa necessita de pelo menos 100 milhões de Francos CFA (152,4 mil euros) para a compra do óleo, mas o governo diz só estar disposto a adiantar sete milhões de Francos CFA, verba que apenas dá para comprar pouco mais de 20 mil litros de combustível para a Central, indicou Faustino Cunha.

O governo, em nome das instituições estatais, é o principal devedor da EAGB, situação que tem dificultado o  funcionamento normal da empresa que se vê confrontada, sistematicamente, com a falta de liquidez para a compra do óleo, acrescentou ainda o porta-voz da EAGB.

Os clientes particulares da empresa raras vezes pagam o consumo da eletricidade e água, alegando o não pagamento de salários aos funcionários públicos. A falta de luz elétrica e água potável na capital da Guiné-Bissau preocupa a direção da EAGB num momento em que o país está na época das chuvas, normalmente propícia ao surgimento da cólera.

Em 2005, os serviços sanitários guineenses registaram mais de cinco mil casos da cólera, doença considerada endêmica no país, de que resultaram cerca de 50 mortos.

Anúncios

4 comentários sobre “807/ Capital de Guiné Bissau sem luz por falta de dinheiro

  1. A notícia tem mais de 18 meses mas podia ser de agora que continuava perfeitamente actual. Infelizmente a maioria dos dias não existe luz da rede pública. A pouca iluminação que existe à noite é de geradores particulares, sendo que a maior parte da população não tem dinheiro para ter, manter ou contrubuir para um gerador ou combustível. E os problemas de água são demasiado frequentes mesmo.
    Infelizmente não faço ideia como algum dia será possível ultrapassar estes problemas. A situação no país continua a ser muito difícil.

  2. Não pudia estar mais de acordo convosco é uma pena para nós Guineenses ver países Vizinhos como Cabo Verde e Senegal com uma economia estavel e crescente enquanto a Guiné degride progressivamente, e os chefes de estado pedem apoios e investimentos em nome do país para seu proveito próprio mas esta é a nossa Guiné “Unidade,Luta , Progresso” Luta já vimos o famoso 7 de Junho estamos a espera da Unidade e Progresso

  3. De fato, caro Mário, tudo o que escrevestes é verdadeiro, e tristemente lamentável. Dói-me mais ainda pelo fato de ser um país irmão. Até quando veremos estes tipos se apropriarem do poder? Não só na África, como em qualquer lugar?

  4. Infelizmente vai-se tornando um hábito em África!
    As cúpulas, os generais e a clique que rodeia o poder cheios de dinheiro, enquanto a população vai sobrevivendo e vivendo o dia a dia, sabe-se lá com que dificuldades.
    A Guiné Bissau bem recentemente vendeu o dominío (.gw), que tinha na internet a uma empresa privada americana.
    Enquanto o povo não tem comida, salários, luz e água, o Presidente da Guiné Bissau, o General Nino Vieira tem vários palácios e contas bancárias espalhados/as pelo mundo, incluíndo Portugal.
    Os seus congéneres – estudantes bolseiros passam fome de cão nas universidades estrangeiras que frequentam, casos documentados na Rússia e em Portugal, pois o governo guineense não paga as bolsas aos estudantes.
    Exporta a guerra e semeia a confusão, com os países vizinhos Senegal e Gâmbia.
    Para comida não há dinheiro, mas para armas há sempre.
    Para não falar do golpe de teatro (guerra civil) há meia dúzia de anos atrás… Com a benção do governo francês e português.
    Uma vergonha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s