858/ ‘Desengano’ recebe Prêmio Jabuti de melhor romance

Do Repórter Diário

desengano_carlos

A precisa descrição das transformações sofridas pela família brasileira garantiu ao escritor mineiro Carlos Nascimento Silva mais um Prêmio Jabuti em sua coleção.

A Câmara Brasileira do Livro anunciou ontem os vencedores da 49ª edição do prêmio, ainda um dos mais tradicionais da literatura nacional, e Silva teve seu ‘Desengano’ (Agir) escolhido como melhor romance – em 1999, ele foi também contemplado na mesma categoria, com ‘Cabra Cega’ (Relume Dumará), além de eleito o melhor livro de ficção do ano.

Ele terá a oportunidade de repetir a honraria no dia 31 de outubro, quando os prêmios serão entregues e os livros de melhor ficção e melhor não-ficção serão anunciados.

Na categoria contos e crônicas, o júri escolheu ‘Resmungos’ (Imprensa Oficial do Estado de São Paulo), coletânea de textos publicados semanalmente pelo poeta Ferreira Gullar no jornal Folha de S.Paulo.

O livro ficou à frente de ‘A Casa da Minha Vó’ e ‘Outros Contos Exóticos’, de Artur Oscar Lopes, que custeou a própria edição, e de ‘O Volume do Silêncio’ (Cosac Naify), de João Anzanello Carrascoza, que ficou em terceiro.

Entre os poetas, mais um mineiro, Affonso Ávila, figurou entre os vencedores – ‘Cantigas do Falso Afonso, o Sábio’ (Ateliê) foi escolhido como o melhor livro de poesia, seguido de ‘Cântico para Soraya’ (A Girafa), de Neide Archanjo, e de ‘Raro Mar’ (Companhia das Letras), de Armando Freitas Filho.

Já o incansável trabalho da professora Marta Rossetti Batista, do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, sobre a biografia e o trabalho da pintora Anita Malfatti (1889-1964) foi lembrado pelo júri da CBL, que escolheu seu ‘Anita Malfatti – Biografia e Estudo da Obra’ (Editora 34) como melhor obra biográfica. O livro é resultado de quatro décadas de pesquisa.

Na categoria reportagem, o escolhido foi ‘A Vida Que Ninguém Vê’ (Arquipélago Editorial), de Eliane Brum.

A melhor tradução foi a feita por Élide Valarini Oliver em ‘O Terceiro Livro dos Fatos’ e ‘Ditos Heróicos do Bom Pantagruel’ (Unicamp).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s