915/ Rio de Janeiro e São Paulo unidos pelo trem-bala

De A Tribuna On-line

trembala

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB) e o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB) assinaram nesta quinta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, a criação de um grupo de estudos para acompanhar o desenvolvimento, pelo Governo Federal, de um trem-bala que ligará São Paulo e Rio de Janeiro a 300 km por hora.

Avaliado em R$ 18 bihões, o projeto só deve sair do papel dentro de oito anos na perspectiva mais otimista apresentada.

O grupo de estudos tem até março de 2008 para apresentar o primeiro esboço do projeto.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Europeu de Investimentos (BEI) estudam o financiamento da obra, mas os governadores contam também com a possibilidade de abrir participação à iniciativa privada, uma vez, que, segundo eles, o trem-bala dará retorno econômico. As contas chegam a 32 milhões de passageiros a R$ 115 por pessoa.

Serra disse que o trem bala é uma “fatalidade histórica”, algo inevitável diante do desenvolvimento econômico alcançado pelas cidades que nasceram entre São Paulo e Rio à margem da Rodovia Presidente Dutra. O governador paulista sugeriu, porém a circulação de um trem que ele chamou de “meio-bala” para atender a pelo menos parte dessas cidades que ficam no trajeto.

O governador do Rio, que chegou duas horas atrasado por causa de problemas no Aeroporto de Congonhas, afirmou que sonha com o dia em que o passageiro poderá embarcar na Estação da Luz, centro de São Paulo e desembarcar na Central do Brasil, centro do Rio depois de 1h15 minutos de viagem.

Ante à proposta de Serra para um trem meio-bala, Cabral apresentou a sugestão de circulação alternada de um trem bala, sem paradas, acompanhado de um trem meio-bala, com paradas.

O secretário da Fazenda do Rio, Joaquim Levy, apresentou um dos principais desafios a serem vencidos pelo trem-bala: o preço da tarifa de energia para trem, que não parou de subir desde 1997, quando o sistema foi privatizado.

Serra fez coro com o secretário carioca e disse que tenta desfazer, junto ao Governo Federal, “o raciocínio econômico torto” que fez com que o preço das tarifas aumente justamente no horário de pico.

_uacct = “UA-2543540-1”;
urchinTracker();

Anúncios

Um comentário sobre “915/ Rio de Janeiro e São Paulo unidos pelo trem-bala

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s