982/ Maior central nuclear russa está afetando a saúde de população

Do Publico.pt

carte_siberie

 

A organização ambientalista Citizen apresentou queixa contra o Governo russo por ignorar aquilo que considera um genocídio ambiental. Centenas de pessoas da localidade de Musluymovo, perto de Mayak, a maior central nuclear da Rússia, dizem que a exposição à radioatividade afetando a sua saúde.

Musluymovo situa-se nas margens do rio Techa, que passa pela central nuclear na região de Chelyabinsk, perto dos Urais. Segundo conta a Sky News, ocorreu um grande acidente há 50 anos, com a existência de vazamento em vários pontos de radioatividade.

Organizações não governamentais acusam o governo russo  de não evacuar Musluymovo por estar usando os seus habitantes para o estudo dos efeitos a longo prazo da exposição à radioatividade.

Algumas pessoas receberam dinheiro para abandonar a localidade mas estas dizem que o montante não é suficiente e lembram que a zona para onde iriam também é uma área contaminada.

O hospital de Chelyabinsk tem registro de centenas de casos de efeitos da radiação na saúde da população.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s